Proteção Animal em Niterói

Proteção Animal em Niterói

O Campo de São Bento, em Icaraí, estava lotado na manhã deste domingo (24), principalmente porque era dia de ação para a proteção animal, organizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Além da feira de adoção “Adotar é o Bicho!”, o evento contou com teatro infantil e panfletagem com os seguintes temas: a importância da proteção, da adoção e a explicação que abandono de animais é crime.

“Ainda há muitos animais abandonados em Niterói e nos municípios ao redor. Pude observar durante esses dois anos de campanha que as pessoas que adotam animais ao invés de comprar, passam a olhar o cachorro ou o gato como um membro da família, um amigo, e não com sentimento de posse. Por isso, não os ‘descartam’ como objetos”, comenta Marcelo Pereira, diretor de Proteção Animal da Secretaria de Meio Ambiente.

A média de doação por campanha no Campo é de 20 animais. O objetivo é crescer ainda mais e motivar os adultos e crianças a protegerem os bichos. Qualquer pessoa pode ajudar, mediante a um cadastro. Os interessados podem comparecer a uma das feiras no Campo de São Bento e se informar melhor. Seguindo o cronograma, a campanha acontece duas vezes por mês: no segundo e quarto domingo, de 10h às 14h.

A estudante de Direito Bruna Lessa mora no Fonseca e pela segunda vez adota um cãozinho na feira: “Ano passado, adotei uma cachorra com dois anos e ela está se sentido sozinha. Resolvi voltar aqui para levar essa filhotinha para fazer companhia para ela. O bom de adotar nessas feiras, é que eles têm vínculos com veterinários que castram por um preço mais em conta”.


 

 

 

 

 

Sobre o Autor

Advogado, pós-graduado em Política Criminal e Segurança Pública, especialista em Políticas Socio ambientais e mestre em Auditoria e Gestão Ambiental.
Redes Sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.