Prevenção às queimadas

Prevenção às queimadas

Niterói está sofrendo com uma longa estiagem, combinada com forte onda de calor e baixa umidade do ar, situação atípica para o verão, o que facilita vários focos de incêndio em vegetação e queimada urbana no município. “Queimada urbana” é o nome que se dá à queima de lixo verde –resíduos constituídos em sua maior parte por restos de poda, varrição ou de madeiras– em áreas urbanas –quintais, terrenos baldios ou logradouros públicos.

Os prejuízos provocados pela queimada são muitos e colocam vidas em risco. Destrói unidades de conservação e áreas verdes, prejudicando plantas, bichos, acarretando novos deslizamentos e desequilíbrio ambiental. Dependendo de onde seja a queimada e do vento, ela pode se alastrar e invadir residências ou atingir pessoas, dificultando a respiração e acarretando problemas de saúde nas mesmas, além de contribuir para a poluição do ar e o aquecimento global.

A maioria das queimadas são causadas por ações humanas, sejam elas acidentalmente ou propositalmente. Reiteramos o pedido para que todos ajudem na prevenção dos incêndios, evitando jogar guimbas de cigarro em lugares inadequados, acender fogueiras, acender velas, queimar lixo, queimar o mato e soltar balões. Lembramos que todas essas práticas configuram infrações administrativas ou crimes ambientais.
-Coloque folhas, galhos cortados e restos de madeira em sacos plásticos apropriados, deixando tudo para a coleta regular da CLIN (é obrigação do gari coletar, desde que os resíduos estejam ensacados);
-Coleta especializada: Contrate caso a quantidade de resíduos seja muito grande. Fale com a CLIN;
-Poda legal: Segundo o Código Ambiental de Niterói, as podas deverão ser previamente comunicadas à Secretaria do Meio Ambiente, sendo proibidas as não autorizadas.

Se houver algum caso de queima perto da sua área, converse com o autor e tente convencê-lo sobre os prejuízos desta prática e de sua proibição em lei. Caso as práticas continuem, denuncie para a fiscalização do Peset, da UPAM ou da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS). É importante que anotem o dia, a hora e o endereço da ocorrência.

O ar e a vegetação são elementos essenciais à vida, é nosso direito e dever cuidá-los.

Telefones úteis:

CLIN: 0800-0222175 / 2620-2175 ramal 259
Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS): 2622-7631
Unidade de Polícia Ambiental (UPAM): 2638-3690
Disque Denúncia: 2253-1177
Defesa Civil: 199
Corpo de Bombeiros: 193

Sobre o Autor

Advogado, pós-graduado em Política Criminal e Segurança Pública, especialista em Políticas Socio ambientais e mestre em Auditoria e Gestão Ambiental.
Redes Sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.