Niterói diz não à violência!

Niterói diz não à violência!
  • Dia: 10 de abril

  • Local: Câmara Municipal de Niterói – Av Ernani do Amaral Peixoto

  • Horário:  17 horas

 

E seria possível dizer não, gritar pela paz no momento atual que Niterói vive, assistindo as decisões do Governo do Estado do Rio de Janeiro que parece não entender ou se preocupar com as conseqüências para nossa região?

Muito se discute sobre ocupação de território, UPP, permanência, UPP social, inclusão no mercado de trabalho. Discute-se o formato de UPP proposto pelo Governo Sérgio Cabral e encabeçado pelo Secretário Beltrame, se é de fato viável e eficaz. As estatísticas policiais deixam claro que não!

Ocupar mais e mais territórios é optar por tentar asfixiar o crime organizado sem deixar opção real aos “desempregados” do crime. Ocupar sem infraestrutura social, regularização fundiária e demolição para casos específicos se torna política eleitoreira, coloca milhares de PMs recém formados em risco e indiretamente milhares de moradores também.

Ocupa-se de verdade com a denominada UPP social, que possibilita emitir título de propriedade, implementar tarifa módica e palpável de água e luz, legaliza o imóvel e torna o morador cidadão com direitos e deveres.

Sem a metodologia certa, a integração das pastas, o cuidado com as pessoas e somando a política pública implementada hoje, pensada apenas no município do Rio, onde se realiza a internação compulsória de usuários (que repele e não trata) e se ocupa territórios sem desdobramentos fica difícil visualizar respostas para Niterói!

Vamos levantar essa bandeira amanhã! Vamos juntos!

Sobre o Autor

Advogado, pós-graduado em Política Criminal e Segurança Pública, especialista em Políticas Socio ambientais e mestre em Auditoria e Gestão Ambiental.
Redes Sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.